fevereiro 04, 2016

Resenhando: O despertar do príncipe

Por: Letícia

"A eternidade é um tempo longo demais para não se ter alguma coisa para lembrar."
























Acreditam ou não, mas se não fosse a minha mãe, eu jamais conhecia essa autora maravilhosa. Assim como eu, minha mãe é uma devoradora de livros, eles são praticamente a vida dela, haha. E ela descobriu a Colleen no final de 2013, quando leu A saga do tigre, outra saga digníssima dela - talvez até melhor que a do Tigre. E como se viciou rápido, comprou todos e eu acabei dando um lidinha neles quando chegaram. Só que acabei me apaixonando pelas histórias da Colleen também.

Então quando fiquei sabendo que ela tinha lançado uma trilogia nova, claro que compramos, né? E aqui está ele, O despertar do príncipe. Eu não sei se foi porque já faz tempo desde que terminei de ler toda a saga do Tigre, mas eu estou gostando mais dessa saga aqui do que a outra, mesmo tendo lido apenas o primeiro livro desta trilogia. Já estou torcendo para que venha logo O coração da esfinge - Livro II.


Título: O despertar do príncipe (Reawakened)
Autora: Colleen Houck
Editora: Arqueiro
Gênero: Ficção, Aventura, Fantasia, Romance
Ano: 2015
Tradução: Fernanda Abreu
Páginas: 384
Nota: 

Sinopse: Aos 17 anos, Lilliana Young tem uma vida aparentemente invejável. Ela mora em um luxuoso hotel de Nova York com os pais ricos e bem sucedidos, só usa roupas de grife, recebe uma generosa mesada e tem liberdade para explorar a cidade. Mas para isso ela precisa seguir algumas regras: só tirar notas altas no colégio, apresentar adequadamente nas festas com os pais e fazer amizade apenas com quem eles aprovarem. Um dia, na seção egípcia do Metropolitan Museum of Art, Lily está pensando numa maneira de convencer os pais a deixá-la escolher a própria carreira, quando uma figura espantosa cruza seu caminho: uma múmia - na verdade, um príncipe egípcio com poderes divinos que acaba de despertar de um sono de mil anos. A partir daí, a vida solitária e super-regrada de Lily sofre uma reviravolta. Uma força irresistível a leva a seguir o príncipe Amon até o lendário Vale dos Reis, no Egito, em busca dos outros dois irmãos adormecidos, numa luta contra o tempo para realizar a cerimônia que é a última esperança para salvar a humanidade do maligno deus Seth. Em O despertar do príncipe, Colleen Houck apresenta uma narrativa inteligente, cheia de humor e ironia. 

Agora se a saga do Tigre já foi boa, esse aqui foi mais show ainda. A Colleen se supera a cada livro mesmo! E o que mais gosto nas histórias dela é a mistura de romance com mitologia e aventura nos tempos atuais. A saga do Tigre veio com mitologia indiana, e esta aqui veio com a egípcia. Aprendo mais com os livros dela que na escola, haha. Cultura pura!

Consegui devorar 24 capítulos em apenas dois dias, pois essa história dela realmente me deixou pendurada no livro, só parei para comer e dormir mesmo, até esqueci que existia internet naqueles dois dias. E claro, não podia faltar a linda capa que sempre acompanhada os livros da Colleen - só meio ruim pra tirar foto dele, já que reflete na luz. E como sempre também, um final forte e que deixa todo mundo ansioso pro segundo livro.  

Bem, logo de cara já temos a apresentação da Lily. Eu jurava que a mesma iria ser uma personagem fútil, digna da impressão daqueles meninas ricas. Só que ela é justamente o contrário. Ela possui um lado sarcástico que tenta esconder dos pais, está tentando sair um pouco das regras e está pensando em fazer a faculdade que realmente quer, não a que os pais dela escolheram, quando conhece o Amon. Ela é bem diferente da Kelsey - A maldição do tigre - pois não fica calada e sempre contesta sobre o que está acontecendo ao seu redor. Já o Amon eu achei bem parecido com o Dhiren, aquele rapaz educado, respeitador, carinhoso, lindíssimo e tudo mais. Só que ele me cativou mais que o Dhiren. Sendo o príncipe do Sol, abençoado pelo deus egípcio Amon-Rá que lhe emprestou seus poderes, ele desperta a cada mil anos juntamente com seus dois irmãos, Asten e Ahmose, para realizar uma cerimônia e impedir que o deus Seth domine o mundo com suas trevas. Clichê, mas bem mais emocionante que muitas outras histórias. 
























Só que como toda boa múmia, Amon precisa ter seus vasos canópicos - para quem não sabe, são jarros onde os egípcios costumavam colocar os órgãos das múmias, e geralmente eram colocados no sarcófago junto com seus donos - e como seus poderes só ficam ajustados quando ele abre seus vasos, ele precisa unir sua força vital à de Lily para conseguir utilizar seus poderes, sendo assim, ela vai ser obrigada a segui-lo até o Egito, pois ele fica mais forte com a proximidade. Só que a coitada fica achando que ele deve ter fugido de algum hospício e oferece ajuda para levá-lo de volta. Só que depois que ele é atropelado e se levanta como se nada tivesse acontecido, ela se toca que ele pode mesmo estar falando a verdade. Uma das partes mais engraçadas é quando ela compra um cachorro-quente para ele comer. Acostumado com as comidas egípcias, ele fica com dificuldade num primeiro momento, haha. 

Então ele explica que precisa ir salvar o mundo e leva Lily para o Egito para viver a maior e mais louca aventura de sua vida. Só que durante essa viagem, ela acaba se apaixonando por Amon. Só o que mais me deixou com o coração na mão foi que o Amon estava totalmente concentrado em realizar sua tarefa e não se envolver emocionalmente com uma mortal. Pelo menos, ele tentou inicialmente, hehe.

"Ele era apenas um homem envolvido em um jogo celeste: um poderoso peão que os deuses movimentavam e sacrificavam em nome dos próprios objetivos."
























E o final desse livro foi magnânimo, assim como todos da Colleen - e eu aqui achando que terminaria ele simplesmente indo embora sem nem dar satisfações ou indo de vez. A parte mais fácil dessa história acabou, mas a outra vai vir acabando com todo mundo, inclusive comigo e milhares de fãs. Só espero que Asten e Ahmose também estejam no segundo livro pois eu os adorei também, principalmente o Asten, já que ele me lembrou muito o Kishan - e eu AMO o Kishan. O Ahmose eu não senti tanta empolgação, já que ele só aparece nos últimos capítulos, não deu para realmente conhecê-lo. Outra coisa que eu queria saber foi que fim levou o Doutor Hassan, um arqueólogo egípcio responsável por proteger os sarcófagos dos três irmãos e por guiá-los em sua missão.

Devo dizer que depois de publicar todos os livros da Colleen, a Arqueiro virou minha editora favorita. Se antes eles já eram, imagine agora. Sempre fico de olho nos novos livros que eles vão lançar, só os top. Algo que achei interessante nessa saga foi que possui mais ação que romance, uma leve surpresa da Colleen, já que seus outros livros praticamente giravam em torno de romance. Mas gostei. Ah, e em outubro a sinopse do segundo livro vazou na internet, deixando muita gente ainda mais ansiosa. 

“Na segunda parte de O Despertar do Príncipe, O Coração da Esfinge (Recreated), a Jovem Lily pensava que viajar ao redor do mundo com um príncipe do sol tinha sido uma grande aventura, mas agora ela está prestes à embarcar na jornada de sua vida. Quando Amon diz adeus depois da cerimônia celestial, ele imediatamente abandona o seu eterno dever sagrado e se transporta para o Submundo – o que os mortais chamam de inferno. Atormentado pela perda de seu único amor verdadeiro, ele prefere viver o resto de seus anos em agonia do que cumprir o seu dever por mais tempo. Com o coração partido, Lily busca refúgio na fazenda de sua avó, mas ela sabe que alguma coisa está errada. Ela pode sentir a dor de Amon, e está tendo sonhos – sonhos de Amon lutando contra criaturas horríveis e sofrendo continuamente. Durante sua primeira noite na fazenda, Lily é visitada por Anubis, o deus Egípcio da mumificação, que conta a ela que Amon está em perigo e é a única que pode salvá-lo. Antes dele partir, Amon presenteou Lily com algo muito especial, um item que os conecta mesmo estando em mundos separados. Agora Lily deve usar esse objeto para libertá-lo, e libertar seus reinos das trevas e caos total. Ela fará o que for preciso, pois a vida dele significa tudo para ela. Em O Coração da Esfinge (Recreated), o poderoso segundo livro da série Deuses do Egito da autora Colleen Houck, Lily será testada de corpo e alma.”

Só fiquei mais nervosa ainda com essa notícia, necessito muitíssimo do Coração da esfinge. Mas pelos boatos que saíram, podemos esperar que chegue ao Brasil entre agosto e setembro desse ano, então é cruzar os dedos para que passe logo. 2016 parece mesmo ser um ano promissor. 

"Quantas vezes uma garota tem a oportunidade de sair com um príncipe do Egito?"

25 comentários:

  1. Olá Leticia e meninas!
    Não sei ao certo quem deixou o comentário no meu blog, mas me senti muito honrada em saber que o cantinho de vicês foi criado em inspiração ao meu, e posso garantir que já ganhei o ano só com isso!!!!
    A resenha esta muito bacana, esse foi meu primeiro contato com a escrita da Collen e com certeza ele foi um dos meus favoritos de 2015! Não tem como não amar Amon, e a escrita da autora, realmente um livro eletrizante e incrível, não vejo a hora de poder ler o segundo e saber como as coisas continuam!!!
    Meninas amei o cantinho e desejo muito sucesso há vocês, com certeza aparecerão obstáculos e em alguns momentos as coisas vão ficar complicadas, mas se estiverem fazendo com amor tudo vai dar certo!
    Torço muito por vocês e agora acima de tudo ganharam uma seguidora fiel, e precisando é só gritar seria um prazer conhecer vocês!!!

    Muitas beijokas

    Paraíso das Ideias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Posso garantir que os outros livros da Colleen são incríveis também! Estão dizendo que o segundo saí em setembro desse ano <3
      Agradecemos pelo incentivo!
      Obrigada pelo comentário!

      Excluir
  2. Olá, tudo bem ?
    Agradeço a visita e o comentário de vocês.
    Fico mais feliz ainda em ver que são meninas novas e se interessam por leitura e mais do que isso, em compartilhar suas opiniões, algo raro hoje em dia.
    Beijos.
    www.estilogisele.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nós que agradecemos você vir aqui <3
      Obrigada pelo comentário!

      Excluir
  3. Olá :)
    Retribuindo a visita e o comentário de vocês, o blog está lindo!
    Quanto ao livro, infelizmente não curto a autora rsrs

    Beijos,
    http://particulasinfinitas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa, é uma pena. Eu realmente a adoro.
      Obrigada por comentar!

      Excluir
  4. Nunca tinha parado para ler sobre esse livro, só via que a capa é lindaa! Mas agora com sua resenha, percebi que a história também parece ser muito legal :D

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico tão feliz com isso! Leia, vale muito a pena <3
      Obrigada por comentar!

      Excluir
  5. Respostas
    1. Leia, vale muito a pena <3
      Obrigada pelo comentário!

      Excluir
  6. Adorei o blog de vocês!!!
    Estou louca para ler esse livro...
    Gostei muito da resenha! Parabéns :*

    ResponderExcluir
  7. Olá :D

    Da Autora li somente o primeiro da série do Tigre e não foi lá aquela leitura que me fez correr para ler o segundo volume (que por sinal está parado na estante a um bom tempo), porém, tenho muito interesse na mitologia egípcia e fiquei surpresa com a sinopse pois eu nem dei nenhuma atenção para o lançamento e agora percebo que quero ler! Você me convencer, vou ler.

    Sucesso com o blog <3

    Beijos
    Passaporte Literário

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma pena, a saga do tigre só fica legal mesmo no segundo livro, que é quando o Kishan aparece mais <3
      Mas eu admito que essa saga aqui parece prometer muito mais!
      Obrigada por comentar!

      Excluir
  8. Oi linda, tudo bem?
    Obrigada pelo carinho, seu blog está lindo e desejo muito sucesso para ele!
    A Coleen é uma das minhas autoras favoritas e amei demais este livro, assim como todos os outros!
    Já a Arqueiro é minha queridinha desde sempre, um caso de amor antigo!
    Bjs

    http>//a-libri.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agradecemos pelo elogio <3
      Finalmente alguém que sabe o quanto a Arqueiro é maravilhosa! <3
      Obrigada por comentar!

      Excluir
  9. Olá, tudo bem? Bom, primeiro parabéns pelo seu blog. Acho super bacana meninas tão novas começando na blogosfera literária. Espero que seja um sucesso. E bom... parabéns para a sua mãe também, que acaba sendo de grande influencia no que diz respeito a literatura.
    Eu ainda não li nada da Houck, mas quero começar por essa saga e não pela do Tigre. Aquela não me desperta nenhum tipo de curiosidade.

    Bom, gostaria de aproveitar e te dar uma dica que acaba sendo básica entre os blogs literários (e acho que qualquer outro): Spam não é legal. A melhor forma de fazer amizades/parcerias com outros blogs é demonstrar que você os lê comentando em seus posts de acordo com o que ele escreveu, entende? Receber elogios como o que você deixou é sim muito importante, mas é mais ainda saber o que os leitores do blog acharam sobre o livro resenhado no post e etc. ;)

    Beijos
    Sil - Estilhaçando Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agradecemos pelo elogio <3
      Acho que só comecei a gostar da literatura por causa da minha soberana, haha. Essa aqui é uma saga bem melhor mesmo. Quer uma dica? A saga do tigre só fica legal mesmo no segundo livro.
      Ah, eu não fiz spam no seu blog, não. Sempre comento ele, mas com a minha conta pessoal, desta vez eu o comentei com a conta do blog.
      Obrigada pelo comentário!

      Excluir
  10. Oi Leticia!
    Que legal que sua mãe também gosta de ler, aí vocês aproveitam para comentarem os livros juntas!
    Eu li esse livro e adorei a história, mas achei a Lily meio irritante... Por isso ainda não sei se irei ler os próximos livros da série.

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que foi por causa dela que entrei no mundo literário <3
      Eu a achava irritante nos momentos em que ela ficava o tempo todo reclamando do porquê do Amon ficar rejeitando-a. Mana, você ainda não entendeu que ele vai embora assim que terminar a missão? Poxa cara, ele vai se apaixonar por ti e depois vai te abandonar! Acorda! kkkkk
      Obrigada por comentar!

      Excluir
  11. Esse livro parece bem legal.
    Obrigada pelo comentário!
    Volte sempre. ;)
    Beijos,

    Priscilla
    Infinitas Vidas | Participe do sorteio de 2 anos do blog!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia, é muito bom - apesar da Lily irritar as vezes, hehe.
      Obrigada por comentar!

      Excluir
  12. Oie Leticia =)

    Eu sou suspeita para falar, por que simplesmente amo os livros da Collenn, mesmo que as protagonistas dela seja irritantes.
    Já li O Despertar do Príncipe e adorei! Estou muito curiosa para saber qual vai ser o próximo passado da história.

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah meu Deus! Você veio mesmo <3
      Também acho as protagonistas irritantes naqueles momentos em que elas ficam se perguntando o porquê do cara não ficar com elas, hehe.
      Vamos esperar que o Coração da Esfinge tem previsão pra vir em setembro <3
      Obrigada por comentar!

      Excluir
    2. Ah meu Deus! Você veio mesmo <3
      Também acho as protagonistas irritantes naqueles momentos em que elas ficam se perguntando o porquê do cara não ficar com elas, hehe.
      Vamos esperar que o Coração da Esfinge tem previsão pra vir em setembro <3
      Obrigada por comentar!

      Excluir